Psol confirma aliança com PSTU e PCdoB em Belém

As direções municipal e estadual do Psol confirmaram uma aliança com o PCdoB e PSTU para as eleições em Belém. O PCdoB indiciou Jorge Panzera como vice na chapa de Edmilson Rodrigues (Psol) para a disputa na cidade.

A presidente do Psol-PA, Marianor Brito, afirmou que um encontro deve unir as militanças dos dois partidos às 16h desta sexta-feira, e tornar pública a decisão, de acordo com boletim emitido à imprensa.

Um outro encontro, que acontecerá na sede do PSTU no período da noite de hoje, anunciará a convenção da Frente de Esquerda.

Portal Terra

Jordy recebe apoio de PV e DEM

Jordy recebe apoio de PV e DEM (Foto: Reprodução / Diário do Pará)
(Foto: Reprodução / Diário do Pará)

O Partido Verde (PV) não vai mais ter candidato a prefeito nas eleições deste ano, em Belém. Lançado recentemente, o candidato do partido, o sindicalista José Francisco, vai ser o vice do candidato do PPS, Arnaldo Jordy.

A coligação com o PPS foi decidida, ontem, em reunião da Executiva Municipal e ratificada na convenção do partido realizada, à noite, no Bar Teatro Botequim. O PV estava dividido e chegou a enfrentar uma crise com uma parte dos filiados defendendo uma coligação com o Psol, do ex-prefeito Edmilson Rodrigues, e outra apoiando o PPS.

Mas, segundo o presidente da Executiva Municipal do PV, Evandro Ladislau, a decisão do partido foi tranquila. José Francisco afirma que o apoio do candidato do PPS ao projeto do PV de fazer de Belém uma cidade sustentável, dentro do projeto “Ecópole da Amazônia” “atende as necessidades do PV”. Segundo ele, a chapa Jordy e José Francisco “é a opção viável no momento”.

DEM

O partido Democratas também decidiu apoiar a candidatura de Arnaldo Jordy (PPS) à prefeitura de Belém. Durante a convenção do DEM realizada no fim da tarde de ontem na sede do diretório municipal, os dois vereadores do partido em Belém, Carlos Augusto Barbosa e Abel Loureiro anunciaram a decisão do partido. Segundo Barbosa, que também é o presidente do diretório municipal, a orientação é da executiva nacional e também pela proximidade com as propostas do PPS.

Barbosa explica que o DEM aposta no projeto do PPS, especialmente, no projeto Cidades Sustentáveis, que será a base do programa de Jordy na campanha. A coligação com o DEM será proporcional. Os dois vereadores serão candidatos à reeleição.

Jordy acompanhou a convenção do DEM pessoalmente e de lá seguiu para a convenção do Partido Verde. A convenção do PPS será realizada hoje às 18 horas no Bar Botequim.

(Diário do Pará)

Os blocos partidarios e as eleições em Belém

Independente das novas composições podemos afirmar que, estão conformados blocos partidários, que devem expor suas leituras da realidade paraense nestas eleições.

Teremos um bloco, grande e forte do PSDB e seus aliados, cuja candidatura majoritária tende a fazer críticas ao ex-aliado Duciomar Costa, mas, tentará fazer frente a candidatura do deputado Edmilson, visando passar para o segundo turno, e por isto não esticará a corda com o candidato Anivaldo Vale do PR, esperando apoio depois. Este bloco usará o tempo de TV para deixar bem claras suas vinculações com o governo do Estado e, será uma candidatura com estrutura e tempo de TV grande. Sua meta é disputar o segundo turno com o deputado do PSOL, e deixar o campo fértil para composições, no segundo turno. O que foi possível fazer para desidratar outras candidaturas esta sendo feito.

Um segundo Bloco é capitaneado pela candidatura do deputado Edmilson, que terá problemas com o tempo pequeno de TV, mas que está com boa aceitação de votos, segundo as pesquisa de opinião, e teve uma subida grande no período anterior as eleições. Tem gordura para queimar e espera que quando a propaganda eleitoral começar tenha galgado mais degraus, na intenção de votos. O bloco acredita que é possível chegar no segundo turno com os índices próximos aos 30 pontos. O eixo da campanha, sem dúvida será a crítica á administração Duciomar. Este bloco tem, um apelo popular, um candidato conhecido e conta com uma estrutura de campanha razoável e sólida.

Um terceiro bloco é o que gira em torno da candidatura do deputado Priante, que espera uma postura mais discreta do governador, e um apoio estrutural para campanha do PMDB. Ocorre, que o governador escolheu um lado nesta campanha, e pretende retirar o Priante do segundo turno. O bloco pode ser identificado como centro, tomando como referencia os candidatos postos e, tem grandes possibilidades de polarizar as eleições com o deputado do PSOL, e ir para o segundo turno. Resta saber, se terá bala na agulha para segurar suas bases eleitorais, para garantir a resistência ao assedio do esquema do governador.

Um quarto bloco, será o que gira em torno da candidatura de Anivaldo Vale, que pretende fazer a defesa da administração de Duciomar Costa. Este bloco será a berlinda das eleições, e todos terão suas atenções para sua passagem. O bloco tem estrutura e tempo de TV, o que possibilita um bom combate pelo segundo turno com o deputado Edmilson, seu desafeto principal.

A candidatura do PT e do PP, não serão candidaturas com musculatura para garantir a passagem para um segundo turno. Não aglutinarão partidos, e não tem candidatos conhecidos do eleitorado, não tem hoje estrutura. Haverá um crescimento da candidatura do Alfredo Costa, mas o PT poderá sair sozinho nesta campanha. O PP não tem organicidade para passar para um segundo turno, não tem recursos para garantir uma campanha grandiosa.

A candidatura do deputado Jordy, sofre hoje de um isolamento provocado, e pode sair sozinho. O PV e o DEM são as únicas possibilidades de composição, e estão hoje em disputa. Houve um caimento nas intenções de voto, e o tempo de TV do PPS é muito pequeno. Outro elemento, é que o PPS não teria como bancar uma eleição sozinho. Avalio que não disputa a ida para o segundo turno

Na minha opinião, a ida para o segundo turno, está com forte possibilidade de ter a presença do PSOL. O segundo colocado, ou seja, quem disputará com ele, é que esta em jogo agora, no momento das composições e no primeiro turno. Zenaldo, Priante e Anivaldo Vale disputam esta vaga.

Drop: política na capital.

O PV irá decidir sua composição na convenção, que será dia, no Botequim. Todos estão interessados nesta convenção. Ontem, foi publicado matérias nos jornais, dando conta que o PV não teria candidatura própria, ou seja, o Zé Francisco não será candidato a prefeito, mas será candidato a que? Não será? Segundo minhas fontes o PV esta no impasse e pretende resolver-lo em plena convenção. No voto.

O PC do B conversou com o deputado Priante sobre coligação, e teria dito ao deputado, que vai deliberar sobre alianças em uma reunião hoje, pela parte da tarde no partido. Adiantou, que em 2014 pretende caminhar junto com o PMDB, e que em 2012, é possível uma caminhada com o PSOL, dado as caracteristicas e a história  do deputado Edmilsom.

Houve reunião do deputado Priante com o governador. Saberemos depois sobre estas confabulações.

O pessoal do DEM continua afrimando que quem define o destino do DEM, aqui na capital, são os vereadores. É possivel uma composição com o deputado Zenaldo do PSDB.

O PSC, do deputado Zequinha Marinho, esta conversando com Priante e com o prefeito Duciomar. O PSC ainda não sabe com quem vai. O deputado Priante diz que é com ele, o prefeito Duciomar também.

O prefeito Duciomar esta aborrecido com o governador Jatene, ele tirou da coligação de Anivaldo Vale vários partidos.

O prefeito Duciomar deve estar pensando em como desidratar o deputado Edmilson e o deputado Jordy. Segundo minhas fontes, eles serão os dois candidatos que mais "bateram" na prefeitura, e o prefeito deseja, e ora, para que eles tenham pouco tempo de TV.

Tomei conhecimento, que a executiva nacional do PT, reunida ontem em Brasilia, teria discutido a possibilidade de retirada da candidatura de Alfredo Costa, mas que o presidente João Batista teria feito uma fala não aceitando a retirada, que segundo ele seria a morte do PT em Belém. Eu torço que isto não aconteça, nem a retirada e tão pouco a morte.

 O PTC e o PT|N são dois partidos pequenos e estão sendo cortejados por todos. Vamos ver como será o comportamento dos dois. Dizem que eles foram convencidos pelo governador e comporão com o PSDB, outros dizem que os dois serão parceiros do PSOL. 

Vamos acompanhar.

PV desiste de apresentar candidato próprio


Audiência publica sobre cotas raciais no âmbito da Universidade

Prezados/as,

 Estamos encaminhando convite do Magnífico Reitor da Universidade Federal do Pará para audiência publica sobre cotas raciais no âmbito da Universidade. Contamos com a presença de todos neste momento muito importante para população negra do Estado do Pará.

 Atenciosamente Raimundo Jorge Nascimento de Jesus Vice coordenador do GEAM


DEM - Cenas do próximo capítulo

O DEM só irá compor com o PSDB se a candidatura do Jordy for retirada. 

Esta é uma afirmação de uma liderança do Oeste do Pará, muito próxima do deputado Lira Maia. O acordo feito, envolve o apoio do PPS a candidatura do ACM Neto em salvador e o apoio do PPS a candidatura de Alexandre Von (que é do PSDB) em Santarém. 

Portanto, segundo esta liderança, o DEM fica com PPS. Agora ele me diz que acredita que o Jordy retirá a candidatura, por não ter como manter uma candidatura em Belém, sem o apoio do governo. A minha fonte  disse também, que houve outra conversa com o Jatene ontem, e que o governador continua pedindo para o deputado Jordy retirar a candidatura.

A ação de Jatene para desidratar Priante.

Metendo bico
Estamos vendo, uma operação politica desencadeada pelo governador Jatene, dado o quadro politico da capital. O governador está de olho em 2014. Houve uma desidratada, até mesmo a tentativa de "matar" a candidatura do deputado Jordy e uma retirada de apoio da candidatura do deputado Priante.

A intervenção do governador para retirada do PSB da composição com o Priante é sintomática. O governador esta agindo como se o PMDB não fosse seu aliado no governo e esta "bombando" a candidatura do deputado Zenaldo.

 A saída do PSB da candidatura Priante foi feita pelo governador. Não mandou um secretario. Sabe aquela musicas "o diabo quando não vem, manda o secretário, eu não vou nesta canoa que eu não sou otário". ? Pois é o governador foi pessoalmente e o PSB aceitou, porque não é otario. Ou é?...

Dizem que o PSB não quer perder os espaços no governo estadual e espera um substancial apoio as suas 10 candidaturas no interior.

O PMDB argumenta com o acordo feito para apoiar a candidatura do PSB em Recife. O PSB diz não vai aceitar imposição nacional. Fala do deputado Cassio Andrade.

O PMDB está assistindo e articulando, irá concorrer com 96 candidaturas no estado, dobra em 10 municípios com o PT e em 11 com o PSDB. Vamos ver qual será o resultado desta matemática.

Vendo as movimentações, podemos dizer que o governador tem como candidatura preferencial em Belém o deputado Zenaldo, mas não vai guerrear com a candidatura do Anivaldo Vale e, este não ira atacá-lo nos programas de TV. Tem como aliado a candidatura de Jordy, agora quase nati morta, mas se sobreviver será uma terceira opção.

A candidatura Edmilson é sua grande opositora, mas que no jogo de 2014, não fortalece um palanque de Dilma. Podemos ter um segundo turno Priante e Edmilson, onde o governador poderá não ter candidatura preferencial.

O destino do PCdoB - vice de Edmilson ?

O PC do B entende que o governador Jatene tem todo interesse em desidratar as candidaturas de Priante, Jordy e Edmilson. 

Em relação ao PSOL, o governador faz todo o empenho em retirar o PT do B e o PTN da composição do PSOL e vê a candidatura como oposição ao seu governo. 

O PC do B avalia que a única candidatura que fará oposição ao projeto do PSDB é a do Edmilson e do Alfredo, e, caso venha compor na chapa do ex-prefeito é com objetivo de aglutinar forças para o enfrentamento ao governo estadual . ,

O PC do B reunirá amanhã para decidir sobre seu destino. Provavelmente será vice do PSOL.

O PT com quem vai??

O PT me parece esta sozinho nesta eleição. Provavelmente o PC do B deve compor com o PSOL e o PTN, e o O PT do B, também, logo não restou mais qualquer partido para compor.

Fui informada que teria havido ligações para a direção do PT, no caso do presidente Rui Falção, para compor com o PMDB. Não acredito nesta possibilidade. Não conseguir checar esta informação, mas avalio impossivel a composição nesta conjuntura politica.

O PV no impasse

O PV não teve reunião ontem, e o presidente estadual foi para Brasilia. Hoje teremos novidades. É certo que o PV não vai compor com o PSOL,  a dúvida, é se ele ira compor com o PPS ou com o PMDB. 

No PMDB não se especula com uma composição com o PV, apesar de conversas feitas com o presidente Zé Carlos, onde a proposta de composição na proporcional, junto com o PHS, poderá ter a candidatura do Zé Carlos como vereador . 

O Zé Francisco nestas alturas deixa de ser o vice do Edmilson e sua candidatura para vereador reposicionada. Irá disputar com o Zé Carlos a vereança?

A reação de Jordy.

Tudo ainda esta muito indefinido. Na noite de ontem, o DEM esteve reunido com Arnaldo Jordy para definir seu destino nas eleições de 2012. Foi comunicado ao deputado, a intenção de compor com o PSDB. A reação do deputado foi muito firme, de não aceitação da retirada do apoio. Jordy teria dito que não aceitava, exigiu o cumprimento dos acordos de alianças, feitos anteriormente. Disse que não ficaria quieto e não aceitava o que estão fazendo com sua candidatura, no sentido de tentar esvazia-la, para fortalecer a do PSDB. Segundo minhas fontes ele estava, indignado, revoltado, inconformado e dizia que não ia retirar candidatura alguma.

Os vereadores do DEM comunicaram que a orientação nacional era compor com o PSDB e, que o telefonema do presidente do partido, o senador Agripino Maia, havia dado esta orientação.

Como a reação do deputado Jordy foi muito forte e sua ameaça de "chutar o pau da barraca". A reunião foi muito tensa, com gritos e no meio da reunião foi informado que a  nova orientação do governador  Simão Jatene, foi para esperar mais uns dias, para ver se tudo serena. A proposta de ida do DEM para o PSDB, como aliados em 2012 se mantem. A novela continua.... até dia 5 de julho.

Bastidores da Política: alianças para prefeito de Belém

Muita conversa hoje na politica e muita coisa ainda vai rolar até o dia 5 de julho, dia para registro das coligações para as prefeituras. 

Vamos começar a falar pelo palácio do Governo do Estado, o governador Jatene marcou conversa com vários partidos, e o ponto de pauta, era as eleições para prefeitura de Belém. Segundo minhas fontes, o governador teria dito na reunião com o DEM, na presença dos vereadores do partido, que o deputado Jordy não seria candidato, que está seria uma atitude sensata da parte dele, já que se preservaria dos ataques, e da exposição na mídia de forma negativa. O DEM disse que não ira compor com o PPS, porque não terá mais co-candidatura. O DEM já saio fechado da reunião com a candidatura de Zenaldo, só espera uma aliança com o partido do Candido Junior para compor na eleição proporcional. 

O DEM estava fechado com o PPS, já que no momento,  grande parte do DEM nacional foi para o Partido do Kasab. O DEM do Pará iria para o PSD, e os dois vereadores de Belém só ficaram no partido, porque foi dado á eles autonomia para compor com o PPS, na medida, em que a composição na proporcional seria interessante para reeleger os dois vereadores, Carlos Augusto e Abel Loureiro. Agora a coisa mudou e inclusive o PPS está cobrando o acordo com o DEM a nivel nacional que teria ocorrido, fechando o acordo para apoiar o ACM Neto em Salvador.

Soube também, que o deputado Lira Maia quando comunicado da  postura do governador, teria dito que os vereadores do DEM, deveriam compor, ou com o PPS, ou com o PMDB, e não com o PSDB, principalmente com o deputado Zenaldo. São rancores do plebiscito.

O deputado Jordy me afiançou que é candidato e, que nesta noite recebeu um comunicado do DEM , mantendo a aliança. O deputado não comentou as declarações do governador. Só ouviu. Outro partido chamado pelo governador, foi o PSB para este  retirar apoio à candidatura de Priante, e compor, também com o PSDB, ou seja, com a candidatura do deputado Zenaldo

Minhas fontes, me declaram que o deputado Cássio Andrade teria afirmado que comporia com Zenaldo para  atender o governador e deixaria a vice do PMDB. A composição com PMDB foi acertada em Brasília, junto ao presidente do PSB nacional,m e com aval de Cássio,  onde parte do acordo é o apoio do PMDB ao candidato do do PSB em Recife.

Outra informação, é que o governador teria conversado com o deputado Jordy e declarado á ele, que sua candidatura deveria ser retirada. O deputado teria discordado.  Uma coisa é certa, o governador demonstra que não apoia a candidatura do deputado Jordy, quando chama para conversar outros partidos e não está na mesma conversa o deputado Jordy.

O PMN e o PSDC também forma chamados para conversar. Eles h´viam fechado com Priante e o governador chamou e agora eles vão apoiar Zenaldo.

Os rumos do PV

O PV, em reunião o Evando Ladislau defendeu a composição com o PPS, e o Zé Francisco defendeu acandidatura do PSOL. A reunião foi na presença de um dirigente nacional. O ex-deputado Zé carlos, não disse que composição defende, mais criticou a composição com o PSOL e com o PPS.

Os membros do diretório são 18 e quando 12 membros já tinham votados (votação foi nominal e aberta) o presidente do diretório municipal, o Evandro encerrou a reunião e começou o empura empura. A continuação da reunião foi transferida para hoje.
Tomei conhecimento, hoje, que o PV provavelmente toma posição pelo PSOL, mas a direção estadual e nacional não concordam e deve intervir para apoio a candidatura de Priante.

PSC do Zequinha Marinho vai apoiar Priante

O partido que defende as posições da Assembleia de Deus no parlamento e, tem como deputado federal, no Pará, o senhor Zequinha Marinho, deixou a candidatura do PSOL, do deputado Edmilson e passou a fazer parte da candidatura do PMDB. 

A questão que está posta é que o representante do diretório nacional, que esteve aqui, não aceitou o acordo de composição com o PSOL, desautorizando o pastor Samuel Câmara que fez o acordo. Ele argumentou que o PSOL não faz parte do governo Dilma e não iria constranger o vice presidente Michel Temer. Segundo fontes , comenta-se que a igreja fará campanha para Edmilson e o tempo de TV iria para o Priante. 

Vamos ver quem leva esta. Hoje a candidatura Jordy sofre um esvaziamento. A candidatura Priante está no jogo, mais há uma movimentação para esvasia-la. O PT ainda não fechou com ninguém. O PRB irá compor com o Anivaldo Vale e não com o PT. O PDT ficará com o PR, já que faz parte do governo municipal e o PC do B debate se será vice do PT, PSOL ou do PMDB  ou mantém a candidatura.

Convenção do PCdoB


No sábado, o Partido Comunista do Brasil - PCdoB, realizou na câmara municipal de Belém sua convenção partidária, quando definiu a chapa de vereadores e definiu a pré-candidatura de Jorge Panzera à prefeitura de Belém, mas deixou aberto  indicativos de coligação, tanto na proporcional como na majoritária.

A coligação contou com a presença de vários partidos e de pré-candidatos a prefeito de Belém, além da presença da ex-governadora Ana Júlia.

Confiram algumas fotos da convenção.


Meu Aniversário - mais fotos


Eu e Salomão Habib 





Minha mãe e minha tia nainha




Avelina Hesket, eu e Alfredo Costa

Salomão Habib

Minha irmã Eda, Panzera, eu, representante nacional do PCdoB e  Moises  - secretário de comunicação  (PCdoB)

Panzera, eu e meus amigos Paulo Sergio e Elieth  Braga

Priante e eu

Alfredo, Panzera e Priante

Eu e Edmilson

Edmilson e meus familiares





Edmilson e professores

Andreia Pinheiro





Fotos do meu aniversário

Ontem comemorei meu aniversário com muitos amigos, gente que eu gosto muito e que gostam muito de mim. Pessoas que estão comigo há anos, meus alunos ou ex alunos, meus mestres, gente da cultura, da academia, meus familiares que são testemunhos da minha história de vida. Enfim pessoas que estimo muito. Sempre digo que o que faz a diferença é você perceber, que o que vale na vida é fazer e ter amigos. Se você tem amigos não padece de solidão, se tem muitos amigos é porque a vida valeu a pena e  não foi pequena.

 No meu aniversário tive a presença de quatro candidatos a prefeitos de Belém, deputada federal, deputados estaduais e muitos, muitos ex- alunos que hoje são meus amigos e companheiros de lutas. A todos que foram meu muito o brigada. Aos que não puderam ir no ano que vem tem mais. Beijos




























 


Blogger Template Mais Template - Author: Papo De Garota