Vereadora de Salinas vai para o presídio feminino

A presidente da Câmara Municipal de Salinópolis, vereadora Jamili Corrêa (PT), presa em flagrante segunda-feira (23) recebendo um pacote de dinheiro de um sobrinho do prefeito municipal, Vagner Cury, para barrar o processo de cassação do prefeito, foi transferida ontem pela manhã para o Centro de Recuperação Feminino, em Belém, juntamente com a assessora Marly Costa, que recebeu a propina, segundo a Polícia Civil.
O presidente estadual do PT, João Batista Silva, viajará hoje pela manhã a Salinópolis para reunir com os membros da executiva municipal do PT, que vai instaurar procedimento disciplinar interno, através da comissão de ética, para apurar a denúncia. “Se ficar comprovado que houve desvio ético da vereadora, a comissão proporá a sua expulsão”, explica. 

O DIÁRIO tentou contato por telefone com a assessoria jurídica da vereadora, mas nenhuma das ligações foi atendida. (Diário do Pará)

0 comentários:

Postar um comentário

Blogger Template Mais Template - Author: Papo De Garota